Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.
Aproveite as ofertas exclusivas que temos para vocês.
Ícone Whatsapp

Vale a pena fazer a antecipação de parcelas? Confira! 

10 de julho de 2023 por Marina Victoria de França Lima

Você já se perguntou se fazer a antecipação de parcelas vale a pena? Quando se trata de gerenciar nossas finanças pessoais, buscar formas de economizar dinheiro e quitar dívidas mais rápido são metas comuns.  

Nesse cenário, uma estratégia que pode ser vantajosa em certas circunstâncias é a antecipação de parcelas ou a quitação antecipada de uma dívida. No entanto, é preciso ter atenção ao escolher esse caminho. Isso porque é preciso levar em consideração as suas condições financeiras e as regras envolvidas.  

Portanto, para que você entenda como funciona a antecipação de parcelas e se esse é um bom caminho para você, confira o conteúdo a seguir. Boa leitura! 

 

O que é a antecipação de parcelas 

A antecipação de parcelas é um processo em que você paga antecipadamente as parcelas de um empréstimo, financiamento ou dívida antes do prazo estabelecido. 

Normalmente, quando você faz um empréstimo ou financiamento, concorda em pagar o valor em parcelas ao longo de um período determinado. Dentro desse período estão os juros embutidos. 

No entanto, se você tiver recursos disponíveis e quiser acelerar o pagamento, pode optar por antecipar as parcelas. Ao fazer isso, você paga o valor total ou uma parte dele antes do vencimento, reduzindo o saldo devedor. Isso também acarreta na diminuição dos juros que seriam acumulados nas parcelas restantes. 

 

Como funciona o processo de antecipar as parcelas de pagamento 

O processo de antecipação de parcelas de pagamento pode variar dependendo do tipo de empréstimo, financiamento ou dívida que você possui. No entanto, aqui estão os passos gerais envolvidos no processo. Acompanhe! 

 

  1. Verifique as condições do contrato

Primeiro, revise as condições e os termos do contrato original que você assinou. Verifique se há alguma cláusula que trata especificamente da antecipação de parcelas. Algumas instituições financeiras têm restrições ou exigências específicas para a antecipação. 

 

  1. Entre em contato com o credor

Entre em contato com a instituição financeira ou o credor responsável pelo empréstimo ou financiamento. Você pode entrar em contato por telefone, e-mail ou visitar a agência pessoalmente. 

Informe sua intenção de antecipar as parcelas e solicite informações sobre o processo e quaisquer taxas ou encargos envolvidos. 

 

  1. Verifique o saldo devedor

Solicite ao credor o valor atualizado do saldo devedor, levando em consideração as parcelas já pagas. Isso ajudará você a determinar o valor total que precisará pagar para antecipar as parcelas restantes. 

 

  1. Negocie os termos

Dependendo das políticas da instituição financeira, você pode ter a opção de antecipar todas as parcelas restantes ou apenas algumas delas. Verifique se há alguma taxa ou desconto associado à antecipação e tente negociar os termos, se possível. 

 

  1. Efetue o pagamento antecipado

Após concordar com os termos e obter todas as informações necessárias, efetue o pagamento antecipado das parcelas. Isso pode ser feito por transferência bancária, pagamento online, boleto bancário ou qualquer outro método disponível. 

 

  1. Atualize os registros

Após efetuar o pagamento, verifique se o credor atualiza corretamente os registros para refletir a antecipação das parcelas. Isso é importante para garantir que o saldo devedor seja ajustado corretamente e evitar problemas futuros.

 

Quais as vantagens de fazer a antecipação de parcelas 

A antecipação de parcelas pode oferecer várias vantagens financeiras, dependendo da sua situação pessoal e das condições do contrato. Aqui estão algumas delas. Acompanhe! 

 

Economia com o pagamento de juros 

Ao adiantar parcelas, você reduz o saldo devedor mais rapidamente. Isso significa que você pagará menos juros ao longo do tempo, resultando em uma economia financeira. Os juros geralmente são calculados com base no saldo devedor restante, portanto, quanto mais cedo você reduzir esse saldo, menos juros acumulará. 

 

Redução do prazo de pagamento 

Ao antecipar as parcelas, você também reduz o prazo de pagamento do empréstimo ou financiamento. Isso pode ajudá-lo a liquidar a dívida mais rapidamentee se livrar dela mais cedo. Além de economizar dinheiro em juros, é possível ter liberdade financeira de se livrar das obrigações de pagamento mais cedo.

 

Melhoria do histórico de crédito 

Ao antecipar as parcelas e pagar sua dívida mais rapidamente, você demonstra responsabilidade financeira e pontualidade no pagamento. Isso pode ter um impacto positivo em seu histórico de crédito, o que pode servir para futuras solicitações de crédito ou empréstimos.

No entanto, é importante considerar cuidadosamente suas circunstâncias pessoais antes de optar pelo adiantamento de parcelas. Algumas instituições financeiras podem cobrar taxas adicionais para a antecipação, o que pode afetar a economia geral.  

 

Quais os métodos de antecipação de quitação de dívida 

Os métodos de antecipação de quitação de dívida podem variar dependendo das políticas da instituição financeira e das condições contratuais. Dois métodos comuns são a liquidação parcial e a liquidação integral. Vamos explicar cada um deles. Acompanhe! 

 

Liquidação parcial 

Nesse método, você opta por antecipar o pagamento de apenas uma parte do saldo devedor total. Isso significa que você paga uma quantia específica para reduzir o saldo, mas ainda deixa uma parte da dívida em aberto.  

A liquidação parcial pode ser útil quando você tem recursos disponíveis para pagar uma parte da dívida, mas não deseja ou não consegue pagar o valor total de uma vez. 

Com a liquidação parcial, você reduz o saldo devedor restante e, consequentemente, os juros que seriam acumulados sobre essa parte da dívida. 

 

Liquidação integral 

Na liquidação integral, você opta por pagar o valor total do saldo devedor de uma só vez. Isso significa que você antecipa o pagamento de todas as parcelas restantes e quita a dívida por completo.  

A liquidação integral geralmente resulta em economia significativa de juros, pois você está eliminando todos os pagamentos futuros e encerrando a dívida antecipadamente.  

No entanto, como já mencionamos, é importante verificar se existem penalidades ou taxas associadas à liquidação antecipada, pois essas condições podem ser impostas. 

 

Quando a antecipação de parcela é válida 

A antecipação do parcelamento, ou a quitação antecipada de uma dívida, pode ser válida em várias situações. Confira alguns desses: 

  • disponibilidade financeira da quantia; 
  • taxas de juros altas; 
  • melhoria do fluxo de caixa; 
  • redução do prazo de pagamento. 

Agora que você sabe o que é, como fazer e quais as vantagens da antecipação de parcelas, lembre-se de manter um controle financeiro eficiente, para conseguir alcançar essa economia financeira. 

E caso você tenha dívidas abertas que estejam atrapalhando o seu orçamento e a antecipação de parcelas de uma dívida mais importante, clique aqui e consulte sua dívida com a Recovery. 

Se o seu débito estiver com a Recovery, você pode negociar com até 99% de desconto e parcelas a partir de R$50. Clique aqui e consulte seu CPF na Recovery.