Poupança: saiba como funciona e se vale a pena investir

Sobrou dinheiro no final do mês e você não sabe o que fazer? Pois saiba que para investir, você não precisa de uma grande quantia. Pelo contrário, pode começar com pouco. Seja na poupança ou em outros tipos de aplicações. 

E a conta poupança é um dos meios mais tradicionais. Isto porque a abertura da conta é fácil e pode ser realizada mesmo se você estiver com o nome negativado

E para te ajudar a entender como funciona a poupança, seu rendimento e se vale a pena aplicar seu dinheiro nessa opção, produzimos este artigo. Continue a leitura e tire suas dúvidas! 

 

Entenda o que é a poupança 

A poupança é uma das formas mais conhecidas de se poupar e investir dinheiro.  

Isto porque ela nada mais é que uma conta voltada para pessoas que querem guardar o seu dinheiro.  

O nome caderneta de poupança surgiu devido ao hábito em que as pessoas costumavam anotar todas as informações da sua conta em um caderninho. Esse é método de investimento mais conhecido para quem quer começar a guardar dinheiro e não possui muito conhecimento na área.  

A poupança é um investimento de renda fixa. Isto porque você consegue calcular quanto ela vai render, o que traz uma segurança maior para quem está iniciando. Ela possui regulamentação do Banco Central (BC), que define o valor que o cliente receberá, ou seja, os juros da aplicação pela quantia guardada. 

Como o próprio nome sugere, esse tipo de conta tem o intuito de fazer o consumidor economizar seus recursos,ou seja, poupar dinheiro. 

E muito embora seja uma das modalidades mais tradicionais de investimento no Brasil, já existem outras opções que rendem mais e são tão seguras quanto a poupança, além de também possuírem liquidez diária.

 

O que é preciso para abrir uma poupança 

Abrir uma conta poupança é uma tarefa muito simples.  

Afinal, não há a necessidade de comprovação de renda, não existe taxa de abertura, e também não é exigido que o titular tenha conta corrente no banco. 

Assim, basta ir a uma agência bancária de sua preferência, em posse de seus documentos pessoais. 

Como a abertura da conta poupança é simplificada, é possível que elas sejam feitas para crianças ou adolescentes com o acompanhamento dos pais ou responsáveis legais. 

Dessa maneira, é possível criar um planejamento financeirodesde os primeiros anos de vida do titular da conta.

 

Saiba se vale a pena investir dinheiro na poupança

Investir dinheiro na poupança é uma das decisões mais comuns de quem pensa em começar a guardar dinheiro e ter uma reserva financeira. 

Isto porque é um investimento previsível com taxas de rentabilidade definidas e isento de taxas.  

Além do mais, você pode retirar o seu dinheiro quando quiser, pois a poupança possui alta liquidez. Isto quer dizer, se você precisar recuperar o seu dinheiro a qualquer momento, você poderá solicitar e ele será depositado na sua conta corrente, sem perda de tempo ou burocracia.  

Também existe o fato da poupança ser assegurada pelo Fundo Garantidor de Créditos(FGC), que serve como uma garantia do dinheiro investido, ou seja, caso haja um calote ou falência da instituição financeira, você poderá receber de volta o dinheiro, desde o investimento não ultrapasse R$250 mil. 

 

Quanto rende a poupança atualmente? 

Normalmente, o rendimento da poupança segue como base a taxa Selic, que é decidida pelo Copom (Comitê de Política Monetária), e a taxa Referencial (TR), esta calculada diariamente pelo Banco Central.  

Caso a taxa básica de juros, denominada Selic, fique menor ou igual a 8,5% ao ano, a conta poupança renderá 70% da Selic mais a Taxa Referencial (TR). 

Mas, caso a taxa da Selic fique acima de 8,5%, a rentabilidade da poupança passa a ser de 0,5% sobre o valor depositado mais a Taxa Referencial (TR). 

Além disso, vale a pena frisar que o dinheiro só vai render na data de aniversário mensal do depósito. 

Isso significa que, caso haja movimentação antes deste prazo, não haverá rendimento no mês. 

Outro ponto importante na hora de escolher a poupança é que ela não possui nenhum mecanismo de proteção contra a inflação. 

 

É possível recuperar o valor de forma imediata? 

O resgate do valor da conta poupança pode ser realizado a qualquer momento. Por isso, dizemos que a poupança é um investimento que possui alta liquidez.

É importante porém verificar com o banco escolhido para fazer a aplicação qual o valor limite de saque por dia no caixa eletrônico.  

 

Dois outros investimentos tão seguros quanto a poupança e que podem ter um rendimento melhor 

A conta poupança é uma maneira de guardar o dinheiro de forma acessível e segura

No entanto, há outros investimentos tão seguros quanto a poupança e que podem proporcionar melhores rendimentos. 

Confira 2 exemplos a seguir! 

 

Tesouro SELIC

O Tesouro SELIC é um título emitido pelo Tesouro Nacional, sendo uma modalidade de investimento bastante interessante para quem está começando. 

É possível investir neste título por meio de uma plataforma do governo denominada Tesouro Direto. Resumidamente, você empresta o valor da aplicação para o governo e recebe juros por isso. Além disso, esse investimento também possui liquidez diária, assim como a poupança. 

Ele pode ser mais vantajoso que a conta poupança porque sua rentabilidade é 100% da SELIC. Porém, é importante ficar atento às taxas e ao fato dos títulos públicos terem seus rendimentos tributados. 

Outro fator importante para saber é que os títulos do Tesouro Selic não são garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos), porém as chances de perder dinheiro são baixas, uma vez que a perda acontece na hipótese do país inteiro falir.  

 

Certificado de Depósito Bancário (CDB) 

O Certificado de Depósito Bancário funciona de maneira semelhante aos títulos públicos, porém o consumidor empresta dinheiro para o banco e recebe em troca uma remuneração. 

Esse título é emitido por instituições financeiras e sua rentabilidade costuma ser atrelada à taxa SELIC ou à taxa do CDI. Porém, podem ser escolhidos entre: 

  • Pós-fixados: que sofrem alterações dependendo da oscilação das taxas no mercado; 
  • Pré-fixados: a taxa é fixada no momento da compra e você sabe quanto irá render até o final do tempo de investimento 
  • Títulos híbridos: parte do valor investido será com rentabilidade variável e parte será fixa. 

Embora os CDBs sejam garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos), é importante ter atenção com relação à rentabilidade, pois quem define é o banco e em alguns casos pode ser menor que a poupança. 

Viu como investir na poupança e em outros tipos de investimento são formas de guardar o seu dinheiro e ainda receber juros por isso? Dessa forma, fica mais fácil se planejar para projetos futuros. 

Caso você esteja em dúvida sobre a sua atual situação financeira, clique aqui e consulte o seu CPF com a Recovery. Você pode negociar sua dívida com descontos e de forma 100% on-line.

Você também pode gostar
valor salario minimo 2022_recovery
O valor do salário mínimo em 2022 mudou, assim ... Leia mais ➜
Cartão de crédito para negativado: saiba se é possível fazer
Conseguir um cartão de crédito para negativado é possível ... Leia mais ➜