Inadimplência: saiba o que significa e como sair dela

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor,existem milhões de pessoas inadimplentes no Brasil. 

Para você ter uma ideia, em fevereiro de 2022 o maior índice de inadimplência nas famílias brasileiras (com rendimentos até 10 salários mínimos) foi alcançado, batendo a taxa de 30,3%. somente em setembro de 2021, eram 62,21 milhões de inadimplentes no país. Por esse motivo, é importante entender o que é inadimplência e o que fazer para evitá-lo ou, até mesmo, sair dessa situação. 

Neste artigo, vamos todos esses fatores para você já ficar ciente do que fazer caso seu nome tenha caído na inadimplência. Acompanhe a seguir! 

 

Entenda o que é inadimplência 

Inadimplência é quando o consumidor não paga sua conta até a data de vencimento do contrato, deixando assim o débito em aberto. 

Dessa forma, a empresa a qual a pessoa está devendo repassa, dentro de um prazo que costuma ser acima de 30 dias após o vencimento da conta, o nome do devedor para as instituições de proteção ao crédito. Com isso, essa pessoa acaba tendo o seu CPF negativado. 

Como é o caso de uma pessoa  que estoura o limite do seu cartão de crédito e, no mês seguinte, se dá conta de que não tem dinheiro suficiente para honrar o pagamento da dívida. 

Ou quando solicita empréstimos, faz aquisições a prazo ou qualquer acordo de pagamento com uma instituição financeira, e não é capaz de realizar o pagamento das parcelas até sua data de vencimento. 

 

Saiba quais as consequências de estar inadimplente 

Ficar inadimplente resulta em consequências como, por exemplo, a restrição de crédito, popularmente conhecido como negativado. 

Nesse caso, o nome e o CPF do consumidor são registrados em birôs de crédito como o SPC e Serasa, reduzindo sua pontuação no score

Portanto, não pagar a dívida em aberto pode gerar empecilhos para contratar novos serviços de crédito como um novo cartão de crédito, financiamento, empréstimo, entre outros. 

Além disso, a inadimplência pode contribuir para a perda do controle financeiro. Isso porque os juros permanecem incidindo sobre a dívida, criando uma “bola de neve”. 

Para evitar essa situação, é necessário organizar a vida financeira e ter o pagamento das contas sempre sob controle. 

 

Entenda a diferença entre endividamento e inadimplência  

Como vimos nos tópicos anteriores, a inadimplência é o não pagamento de dívidas que passaram do seu prazo de vencimento.  

Já o endividamento ocorre quando existem contas em aberto no nome da pessoa do indivíduo, porém ainda não foi ultrapassado os prazos de vencimento. 

Saiba que o endividamento pode não apresentar problemas, caso seja saudável e previsível. A questão é que ele pode causar a inadimplência quando mal administrado.  

 

Saiba como descobrir a inadimplência 

Você pode descobrir se está inadimplente consultando o site das instituições de proteção ao crédito, como o SPC ou o Serasa. 

No nossositevocê consegue consultar se possui dívidas em aberto com a Recovery. É totalmente online e seguro, basta inserir o seu CPF. 

 

3 dicas para sair da inadimplência 

Quando se tem disciplina é possível se libertar da inadimplência e o primeiro passo é educar-se financeiramente. Além disso, é importante ser realista sobre seu cenário financeiro e criar um plano de ação para quitar as dívidas mediante suas condições. 

Abaixo, vamos citar mais 3 dicas valiosas para você evitar a inadimplência ou sair dessa situação da melhor forma para recomeçar uma vida financeira saudável. Confira! 

 

Renegociar as dívidas 

A primeira dica para se livrar da inadimplência é renegociar as dívidas.

A maioria das instituições financeiras podem oferecer boas condições de pagamento, incluindo acordo com descontos e prazo estendido para regularizar as dívidas. 

Portanto, aproveite essas facilidades para limpar o nome e retomar o seu poder de consumo. 

 

Cumprir com o compromisso de pagamento 

Parece óbvio, mas a forma mais fácil de não se tornar inadimplente é cumprir com o compromisso de pagamento em dia. Assim, contar com um planejamento financeiro é fundamental. 

Para tanto, é preciso desenvolver o hábito de controlar quanto você ganha e o quanto você gasta, prevendo uma reserva financeira para casos de emergência. 

 

Evitar novas contas em atraso 

Por fim, evite novas contas em atraso por muito tempo. Para isso, conte novamente com um planejamento financeiro prevendo todas as parcelas pendentes em cada mês.. 

Administrando bem as contas que ainda estão em aberto, você consegue entender qual a sua condição para adquirir novas compras. À medida que você for quitando as pendências, e com um bom planejamento financeiro, você consegue entender quais novas compras é possível fazer.,  

Viu como manter as contas em dia é a melhor forma de evitar a inadimplência? Seguindo as nossas dicas, todo o processo de manter o nome limpo fica mais fácil! 

Se precisar de ajuda para renegociar a sua dívida com a Recovery, clique aqui.No nosso site você consulta descontos e facilidades para quitar seus débitos.  

Você também pode gostar
Como sair das dívidas: tire todas as suas dúvidas
Dívida prescreve? Estar inadimplente e ter restrição de crédito ... Leia mais ➜
cartão de crédito
Conseguir um cartão de crédito para negativado é possível ... Leia mais ➜