Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade e, ao continuar navegando neste site, você declara estar ciente dessas condições.
Aproveite as ofertas exclusivas que temos para vocês.
Ícone Whatsapp

Como aproveitar as diferentes épocas do ano para ganhar dinheiro em 2024

19 de janeiro de 2024 por Bruna Vieira da Costa

Ano novo é sinônimo de novas oportunidades para quem trabalha por conta, é microempreendedor individual ou tem um pequeno negócio. Se você já comercializa produtos e serviços ou pretende começar uma nova atividade para geração de renda extra, é importante ficar de olho no calendário de 2024. 

Em cada época do ano, tanto nas trocas de estações quanto nas datas comemorativas, é possível oferecer itens personalizados para encantar a clientela que você já atende e, também, alcançar novos públicos e aumentar as vendas. Continue a leitura e descubra o que fazer para lucrar mais, ter fôlego financeiro e viver com mais tranquilidade o ano todo. 

 

Como se preparar para as principais datas comemorativas

Os feriados nacionais ou datas comemorativas, como Carnaval, Páscoa, Festas Juninas, Dia dos Namorados, Natal e Ano Novo são períodos nos quais os brasileiros estão mais dispostos a gastar. Para quem vai investir em produtos personalizados, é interessante vender itens que tragam o tema comemorativo da vez. Isso vale principalmente para quem trabalha nas áreas de alimentos (salgados e doces) ou faz produtos artesanais, desde trabalhos manuais a especialidades como sabonetes, sais de banho, enfeites, customização de roupas e outros. 

Não se esqueça: mudar a embalagem de acordo com a celebração pode alavancar as vendas, já que muitos buscam justamente produtos conectados com o momento. Quer algumas dicas do que vender nas diferentes datas de 2024? Aqui vão algumas: 

 

Carnaval (12 e 13 de fevereiro): adereços temáticos como máscaras, tiaras, chapéus e colares; fantasias em geral; itens para maquiagens exuberantes e divertidas, como costumam ser as de Carnaval; alimentos e bebidas frescos.  

 

Páscoa (31 de março): chocolates, bombons, ovos de páscoa tradicionais ou recheados, canecas com mini ovos de Páscoa, colomba, cestas que podem incluir outros alimentos, além do chocolate. Aposte em geleias e bebidas que combinem com chocolate, como vinho. 

 

Dia das Mães (12 de maio) e Dia dos Pais (11 de agosto): kits de bem-estar, como de sabonetes e óleos artesanais, peças de roupas em tricô e crochê (cardigans e mantas, por exemplo), vasos pintados e plantas para completar o kit e cestas de café da manhã, bebidas ou frios.  

 

Festa Junina (junho): comidas e bebidas típicas como canjica, milho, bolo de milho, paçoca, pé de moleque, maçã do amor, pipoca, quentão; adereços como chapéu de palha e camisas xadrez, enfeites, bandeirinhas ou até serviços, como pintura facial, animador de festa para a criançada, barraquinhas com brincadeiras. 

 

Dia dos Namorados (12 de junho): chocolates, cesta de café da manhã, arranjos de flores, livros personalizados com fotos do casal, porta-retratos e kits para ele e para ela. 

 

Dia das Crianças (12 de outubro): brinquedos são a melhor pedida no dia das crianças. Então, que tal confeccionar bichos ou personagens populares em crochê, costurar ou tricotar roupas de bonecas, montar kits de pintura para papel ou para o rosto, cestas com miçangas e fios ou até mesmo de canecas e camisetas, que podem ser personalizadas com o nome da criança e dos pais. 

 

Halloween (31 de outubro): kits com copos e pratos temáticos (abóbora, fantasmas e outros personagens que assombram), fantasias customizadas, cestas enfeitadas para as crianças usarem no “brincadeiras ou travessuras”, pacotes de balas para quem vai distribuir doces neste dia e outros itens que a sua imaginação criar. 

 

Natal (25 de dezembro) e Ano Novo (1º de janeiro de 2025): kits de celebração, com doces artesanais, panetones simples ou recheados, espumantes; itens para decoração da casa e da mesa; pratos quentes e frios para servir nas duas datas; serviços para as festas, desde a organização e limpeza, até DJ. 

 

Como lucrar em cada estação
Não são apenas as datas comemorativas que podem ser aproveitadas para gerar renda extra. Adaptar seus produtos de acordo com as estações do ano também pode ser uma ótima ideia para fazer mais dinheiro em 2024. 

 

Primavera: vasos e arranjos de flores para a casa, roupas leves e estampadas, produtos de jardinagem, sabonetes artesanais, comidas refrescantes como sorvetes e salada de frutas, kit para piquenique. 

 

Verão: bebidas e comidas refrescantes, como sucos e sanduíches naturais. Itens para praia e piscina, como biquínis e calções de banho, cangas, óculos escuros, chapéu, bóias e kits para as crianças brincarem na areia também são uma boa ideia, assim como conjuntos que incluem protetor solar e hidratante para o rosto e para o corpo. 

 

Outono:  casacos e jaquetas leves, capas e guarda-chuva personalizados, botas, hidratantes para a pele e rosto, óleos essenciais e aromáticos, velas e sais de banho, tortas de maçã e abóbora. 

 

Inverno: kits de chás, cafés e chocolates, mantas artesanais, almofadas temáticas, velas aromáticas, casacos e cachecóis, alimentos congelados para aquecer o corpo nos dias mais frios (sopas e tortas, por exemplo). 

 

Considere diferentes pontos de venda

Explorar diversos pontos comerciais e estabelecer parcerias com o comércio local pode ser um diferencial significativo para o seu pequeno negócio. Aqui, vale a pena apostar na complementaridade: se você faz sobremesas, que tal negociar com o açougue para colocar o seu produto no balcão? Ou fornecer para bares e pequenos restaurantes da região que não têm essa especialidade? Seu negócio é pão de mel? O caixa da papelaria pode ser um bom ponto de vendas.  

Outra opção interessante é vender em faculdades, por exemplo, oferecendo lanches e itens de papelaria personalizados. Shows e eventos culturais também são excelentes oportunidades para expandir as vendas com lembrancinhas temáticas e comidas especiais para o público do evento. Ou, ainda, se você mora em um condomínio, pode ser uma boa ideia oferecer seus produtos e serviços no grupo do WhatsApp dos residentes. Pergunte também sobre a possibilidade de expor um folder no elevador ou áreas comuns. 

 

A divulgação certa para seu negócio 

As redes sociais costumam ser a melhor forma de promover e divulgar produtos e serviços. Por isso, o primeiro passo é criar um perfil nas principais redes, como o Instagram, Facebook e TikTok. Lembre-se que cada rede social pede uma abordagem diferente: enquanto o TikTok é focado em vídeos e audiovisual, o Instagram abre espaço para um mix entre fotos e vídeos e permite, ainda, a criação de uma lojinha virtual. 

Independente da rede social escolhida, é importante manter o perfil atualizado, com postagens frequentes. Capriche nas fotos, vídeos e legendas, para cativar o público e chamar a atenção para seu negócio. Em épocas comemorativas, fique de olho em músicas que estão em alta e utilize-as a seu favor para ter mais alcance. Conhecer seu público-alvo também ajuda a pensar em uma divulgação direcionada e mais assertiva. 

Você também pode fazer parcerias com outros pequenos negócios da região para divulgar seus produtos. Se você vende roupas e acessórios esportivos, que tal perguntar se a academia do bairro não deseja expô-los na recepção? Isso pode ser um chamariz para os dois negócios. 

Quer mais dicas? Acompanhe as postagens aqui do blog da Recovery.