Entenda a inflação e o IPCA e veja como eles mexem com o valor do dinheiro

Entenda o que está por trás da alta generalizada de preços e veja as dicas para proteger suas finanças da inflação.

Isso já deve ter acontecido com você: colocou no carrinho do mercado o que sempre costuma comprar e, quando foi passar no caixa, aquele susto! Os preços estavam bem maiores do que você imaginava. Esse aumento se chama inflação e, neste artigo, você irá entender o que é inflação e IPCA, como isso funciona e como se proteger da perda do valor do dinheiro.

O que é inflação?

A inflação é o nome dado ao aumento generalizado dos preços nos produtos e serviços.  nflação alta é ruim, porque afeta todas as áreas da nossa vida e diminui o nosso poder de compra.

Há alguns fatores que podem fazer com que a inflação cresça muito. Um dos principais é a relação entre a procura e a oferta: se há um produto em falta, ele encarece, porque há proporcionalmente mais pessoas buscando por ele. Por outro lado, se algo é produzido em excesso ou não chama tanto a atenção do consumidor, o preço tende a diminuir.

 nstabilidade política e/ou econômica também pode provocar inflação, porque os produtores e comerciantes tendem a aumentar o preço do que vendem para se proteger diante da possibilidade de terem perdas futuras.

Outro fator que influencia a inflação é a alta do dólar. Se a moeda estrangeira vale muito mais que a nossa,  produtos importados acabam ficando muito mais caros. E isso impacta todo o sistema, principalmente porque a nossa indústria depende de muitas coisas que são produzidas lá fora. Por exemplo, peças para a fabricação de carros.

Na economia, tudo funciona de forma muito interligada. Se os combustíveis estão caros, os preços dos produtos no supermercado também podem aumentar, porque os transportes em nosso país são feitos principalmente via caminhão – ou seja, o custo para levar o tomate do produtor até a loja  . Então, se o tomate encarece, é possível que o preço da pizza também aumente, já que o dono do restaurante vai precisar gastar mais para comprar os mesmos ingredientes para prepará-la.

Assim, um fator acaba impactando outro e, quando percebemos, tudo aumentou!

Como a inflação é medida: o que é o IPCA

Há diversas formas de se medir o aumento dos preços. Para isso, os especialistas selecionam alguns produtos que consideram ser representativos de uma faixa da população ou de um setor econômico (o que chamam de “cesta”) e observam a variação no preço deles ao longo de um período (como a cada mês).

No Brasil, o principal índice para medir a inflação é o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Ele acompanha o preço dos principais produtos e serviços consumidos por famílias brasileiras com renda mensal entre 1 e 40 salários mínimos, e é composto por itens como alimentação, habitação, vestuário, transporte, saúde, despesas pessoais, educação e comunicação.

Como proteger o seu dinheiro da inflação e do aumento do IPCA

Por ser algo que impacta todo um sistema econômico, é difícil se proteger completamente da inflação. Porém, a boa notícia é que há algumas formas de fazer com que ela pese menos no bolso . Confira!

Nas compra

Em primeiro lugar, organização é sempre importante! Para os itens essenciais, como comida, bebida, limpeza, entre outros, planeje as compras do mês. Em alguns casos, comprar em maior quantidade para ir usando ao longo do tempo pode ser mais em conta (os “atacarejos” são boas opções). Em outros, o  

Além disso, considere fazer trocas no dia a dia. Às vezes, temos o hábito de comprar sempre as mesmas coisas e não consideramos o que é típico da época. Frutas e legumes da estação, por exemplo, costumam estar mais em conta e mais gostosos!

E, se possível, não parcele as suas compras.  

Normalmente se diz que o Banco Central pode aumentar a Selic com o objetivo de controlar a inflação (já que os juros altos dificultam o acesso ao crédito e isso ajuda a controlar a demanda). Vcs acham que vale ajustarmos para deixar isso mais claro? Porque como está redigido, parece que as taxas de juros acompanham o IPCA naturalmente e isso pode não acontecer em todos os casos.

Nos investimentos

Se você tem investimentos, pode estar pensando em como fazer para que o seu dinheiro não perca o poder de compra com o aumento dos preços. Para isso, prefira investimentos com rentabilidade atrelada à inflação, a exemplo do Tesouro Direto IPCA ou outros investimentos com rentabilidade atrelada ao IPCA, como LCIs, LCAs e Debentures.

 Gostou das dicas? Compartilhe com sua família e seus amigos! Assim, eles também podem entender o que é, afinal, essa tal de inflação e se proteger do aumento dos preços.

Renegocie suas dividas com a Recovery é só clicar aqui.

Você também pode gostar
valor salario minimo 2022_recovery
O valor do salário mínimo em 2022 mudou, assim ... Leia mais ➜
Cartão de crédito para negativado: saiba se é possível fazer
Conseguir um cartão de crédito para negativado é possível ... Leia mais ➜