5 maneiras bem simples de controlar seu dinheiro e melhorar sua vida financeira

Mesmo sabendo que é muito importante ter clareza sobre suas entradas e saídas de dinheiro para prosperar financeiramente, muita gente acha essa tarefa complicada, trabalhosa ou demorada. Mas controlar seu dinheiro não precisa ser assim. Confira a seguir 5 maneiras bem simples de controlar seu dinheiro, veja qual deles combina melhor com a sua rotina e mãos à obra! 

 

Controle seu dinheiro usando envelopes

Eles são uma ótima alternativa para quem recebe dinheiro vivo, como prestadores de serviço, microempreendedores ou comerciantes autônomos. Geralmente, o dinheiro recebido escapa entre os dedos sem que as pessoas saibam exatamente quanto entrou e para onde foi. Assim, fica fácil perder o controle. Com os envelopes, você consegue organizar e separar cada despesa. 

Você vai precisar de 10 envelopes, um pedaço de papel e um lápis.  

  1. Um dos envelopes será destinado às despesas para manter a sua atividade, como a compra de produtos, materiais ou transporte, entre outros. Na frente deste envelope, escreva a palavra “negócio”.  
  1. Outro envelope deve ser para a sua reserva de emergência ou imprevistos extras. Escreva a palavra “emergências”. 
  1. Os demais envelopes devem ser usados para suas despesas pessoais. Na frente de cada envelope, escreva o nome de um gasto. Exemplos: Aluguel, comida, luz/água, remédios, transporte, celular, dívidas, etc., e as datas de vencimento de cada conta.  

A cada recebimento, distribua o dinheiro entre os envelopes, nas seguintes proporções:  

  • 30% vai para o envelope “negócio”, ou seja, será reservado para as despesas que irão garantir sua atividade, ou seja, sua fonte de renda. 
  • 20% vai para o envelope “emergências” para garantir que você não tenha que emprestar dinheiro caso a geladeira quebre ou perca alguns clientes, por exemplo. 
  • O restante deve ser distribuído entre os demais envelopes. 

 

Anote em um papel quanto entrou e quanto foi destinado para cada envelope. Faça isso todos os dias e você verá que bastam alguns minutos diários para controlar o seu dinheiro. 

 

Controle seu dinheiro no caderninho

Assim como os envelopes, o caderno é uma forma muito comum de registrar e controlar as entradas e saídas de dinheiro. É excelente também para anotar os valores que irá receber de clientes no futuro. É barato e fácil de usar. 

Você pode fazer uma lista bem simples. Em uma página, anote “entradas do mês” e vá marcando tudo o que ganhar. Em outra, “saídas do mês”, com os valores: mercado, aluguel, condução, etc. 

Mas vale muito a pena investir um tempo inicial para organizar melhor as informações. Depois, fica ainda mais fácil.  Veja, a seguir, o passo a passo. Você vai precisar de um caderno, uma caneta, um lápis, uma borracha e uma régua.  

Na primeira folha do caderno, use a caneta e a régua para montar uma tabela com os meses do ano e os valores que imagina que irá receber, o que de fato for recebido e os gastos, como no exemplo abaixo.  

Mês 

A 

Quanto vou receber? 

B 

Quanto recebi 

C 

Quanto vou gastar? 

D 

Quanto gastei 

E 

Saldo 

Recebido (B) – gasto (D) 

Janeiro 

 

 

 

 

 

Fevereiro 

 

 

 

 

 

Março 

 

 

 

 

 

Abril 

 

 

 

 

 

Maio 

 

 

 

 

 

Junho 

 

 

 

 

 

Julho 

 

 

 

 

 

Agosto 

 

 

 

 

 

Setembro 

 

 

 

 

 

Outubro 

 

 

 

 

 

Novembro 

 

 

 

 

 

Dezembro 

 

 

 

 

 

Total 

 

 

 

 

 

 

Antes do início de cada mês, preencha a lápis as colunas “A – quanto vou receber” e “C – quanto vou gastar”, assim você começa a fazer uma previsão de entradas e saídas. 

Agora, com a caneta e a régua, monte uma tabela como a do exemplo abaixo nas próximas folhas do caderno. Este é um modelo, mas você pode incluir ou retirar linhas de acordo com a sua realidade. Se preferir, imprima, faça cópias das tabelas e cole em seu caderno.  

 

Data: ___ / ___ / ____ 

Receita – Quanto dinheiro entrou e de onde ele veio?  

Despesa – Quanto dinheiro saiu e para onde foi? 

Salário 

 

Pagar dívidas 

 

Vendas 

 

Poupar 

 

Renda do cônjuge 

 

Habitação (água, luz, gás, telefone) 

 

Aluguéis 

 

Alimentação (mercado, padaria) 

 

Pensão 

 

Transporte (ônibus, uber) 

 

Aposentadoria 

 

Saúde (tratamentos, remédios) 

 

Benefícios do governo 

 

Educação (cursos, livros) 

 

Bicos 

 

Vestuário e Cuidados pessoais 

 

Empréstimos de bancos 

 

Lazer (passeios) 

 

Empréstimos de familiares 

 

Presentes e doações 

 

Total R$ 

 

Total R$ 

 

 

No momento em que receber ou gastar algum dinheiro, pegue o caderno e anote o valor no lugar correspondente. Por exemplo, se estiver pagando uma conta de luz, anote o valor no espaço ao lado da palavra “habitação”. Se receber o salário, anote e assim por diante. Faça isso com uma frequência que faça sentido para você. O ideal é anotar tudo ao menos uma vez por semana.  

Some a coluna de receitas e preencha ao lado do “total”; faça o mesmo com as despesas. Por fim, calcule o saldo do dia, ou seja, o total que entrou menos o total que saiu. Assim: total de receitas:_________ – total de despesas: __________ = saldo _________.  

No final do mês, some os totais de receitas, despesas e saldos e preencha nas colunas “B – Quanto recebi”, “D – Quanto gastei” e “E – saldo” da primeira tabela. Pode dar um certo trabalho no início para organizar o seu caderno, mas depois você verá que é muito simples inserir as informações e controlar melhor todas as contas. 

 

Controle seu dinheiro usando uma planilha

Para quem já tem alguma familiaridade com a tecnologia e não quer se dar ao trabalho de fazer contas manualmente, a planilha é uma excelente ferramenta. Assim como no caderno, você precisará preencher os campos com os valores recebidos ou gastos, mas não terá o trabalho de montar as tabelas, pois já existem várias planilhas disponíveis na internet.  

Uma opção interessante de planilha é a do Meu Bolso em Dia, o portal de educação financeira da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos). Ela tem campos bem detalhados para vários gastos do dia a dia e faz automaticamente a soma das receitas, das despesas e puxa o saldo mensal. Você pode fazer uma combinação, usando o caderno para o dia a dia e a planilha no final do mês para consolidar todas as informações.  

Bloco de notas do celular

Outro jeito simples de anotar as entradas e saídas de dinheiro é utilizar o bloco de notas do celular. Com ele, fica muito mais fácil registrar o gasto na hora em que ele acontece e isso evita que você esqueça de fazer o controle. 

Hoje em dia, existem blocos de notas com acesso ao microfone do celular, então, você não precisa nem digitar; basta abrir o aplicativo, falar o nome da despesa e o valor gasto. As informações são transformadas em texto. Também é possível combinar o bloco de notas com a planilha ou com o caderno; ao final do dia, basta transferir as informações registradas para as suas tabelas. 

Controle seu dinheiro usando um aplicativo

É outra maneira fácil de registrar as entradas e saídas de dinheiro com rapidez, já que o celular anda sempre com você. Em vez de anotar no bloco de notas e depois passar a limpo na planilha ou no caderno, os aplicativos de gestão financeira já fazem isso por você. 

Esse método tem outras vantagens: muitos aplicativos produzem gráficos com seus maiores gastos, outros se conectam diretamente à sua conta bancária e consolidam as informações para você, sem que seja necessário incluir um único gasto.  

Os aplicativos de controle financeiro mais conhecidos são:

 

Todos têm versão para Android e iOS e oferecem uma experiência amigável de utilização. Alguns ainda dão dicas e orientações de acordo com os gastos do usuário. 

Dica extra

Não importa o método que você escolha para controlar seu dinheiro, o importante é reservar alguns minutos do seu dia para gerenciar suas entradas e saídas financeiras. Esse hábito vai transformar sua vida e ajudar você a realizar seus sonhos! Veja mais dicas para economizar dinheiro.

Gostou das dicas? Compartilhe com seus amigos e familiares!

Renegocie as suas dívidas com a Recovery, clique aqui e consulte grátis o seu CPF.

Você também pode gostar
valor salario minimo 2022_recovery
O valor do salário mínimo em 2022 mudou, assim ... Leia mais ➜
Cartão de crédito para negativado: saiba se é possível fazer
Conseguir um cartão de crédito para negativado é possível ... Leia mais ➜