13º salário: siga as dicas e aproveite melhor seu dinheiro

Você sabia que o 13º salário pode ser uma excelente oportunidade para você colocar em dia seus pagamentos? 

Além disso, também é o momento ideal para você organizar melhor suas dívidas, encontrando excelentes negociações e descontos de pagamento. 

No entanto, você deve estar atento para não cair na tentação de gastar o pagamento do décimo terceiro com compras mal planejadas que podem contribuir ainda mais para o seu endividamento. 

Quer saber o que fazer com o 13º salário para aproveitar melhor o seu dinheiro? Então continue lendo e anote as dicas que separamos para você. 

 

Entenda o que é o 13º salário

O 13º salário é um direito constitucional de todo cidadão que trabalha com o regime de contratação baseado na Consolidação das Leis do Trabalho  (CLT) – seja ele efetivo, temporário, rural ou doméstico. 

Aposentados e pensionistas também têm direito ao décimo terceiro salário, e o seu valor, embora variável, é geralmente aproximado ao de um salário mensal e seu pagamento pode ser dividido em duas parcelas. 

Possuem direito ao décimo terceiro empregados que tenham trabalhado por pelo menos 15 dias durante o ano, e não tenham sido demitidos por justa causa. 

O pagamento da primeira parcela do 13º salário deve ser realizado até o dia 30 de novembro, onde o trabalhador recebe 50% do valor total da sua remuneração bruta, sem nenhum desconto. 

Já a segunda parcela deve ser depositada pelo empregador até dia 20 de dezembro.  Desta parcela, são deduzidos o INSS e o Imposto de Renda, portanto, ela é menor do que a primeira. 

E também existem casos em que o empregado pode solicitar o adiantamento do 13º salário nas férias. Na situação, o trabalhador não recebe a primeira parcela, apenas a segunda. 

 

Saiba como se calcula o 13º salário

O cálculo do 13º salário para quem trabalha CLT é relativamente simples. Você deve considerar o valor bruto do seu salário e subtrair o imposto de renda e o valor do INSS. O cálculo pode ser feito para empregados que atuaram na empresa durante o ano inteiro, ou a um valor proporcional aos meses trabalhados.

Além disso, na hora de calcular o valor também é preciso englobar as horas extras trabalhadas, comissões e adicional noturno ou de insalubridade.

Benefícios como vale-transporte, vale-alimentação e participação nos lucros da empresa não entram na conta.

Caso não tenha trabalhado todos os meses, você deve dividir o valor bruto do salário por 12 meses, e depois multiplicar pelo número de meses trabalhados.

Após, é só deduzir os impostos proporcionais e você chegará ao valor exato do décimo terceiro salário.

A primeira parcela será equivalente à metade desse valor, sem descontos. Já a segunda parcela é equivalente a esse valor, menos os descontos de INSS, Imposto de Renda e o valor da primeira parcela.

Pesquisando na internet você encontra sites que fazem o cálculo automático do 13º salário.

 

Aproveite seu 13º da melhor forma

O pagamento do 13º salário é esperado por muitos brasileiros, tanto para pagar dívidas, quanto para realizar compras e até mesmo investir.

De acordo com levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), aproximadamente 83 milhões de brasileiros vão receber o 13º salário em 2021, com valor médio de R$ 2.539,00.

Isso significa, para a economia brasileira, uma injeção de R$ 232,6 bilhões, o que representa aproximadamente 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

Quer se programar para aproveitar melhor o seu décimo terceiro salário? Então, veja as dicas que separamos!

 

Comece o ano com o nome limpo

O pagamento do 13º salário é a oportunidade perfeita para quem precisa renegociar dívidas ou quitá-las.

Para isso, é importante evitar as compras de final de ano, ou seja, as famosas lembrancinhas, que acabam pesando no orçamento.

Isso porque, geralmente, essas compras estão fora do planejamento financeiro.

Para garantir que esse capital seja destinado ao pagamento das dívidas, é válido separar esse valor, fora da conta corrente, para programar um melhor momento de negociar as dívidas.

Isso porque, muitas empresas de crédito entram em contato nesta época oferecendo condições especiais para quitação de débitos e melhores oportunidades de pagamento.

Portanto, ter dinheiro à sua disposição é fundamental para fazer as melhores negociações!

 

Quais dívidas quitar com o 13° salário

As dívidas com juros mais altos devem ser priorizadas, entre elas, o cartão de crédito.

Esse corresponde ao maior endividamento dos brasileiros, segundo o SPC Brasil, pois os juros do crédito rotativo são os mais altos do mercado.

Esses juros são mais elevados do que o parcelamento. Logo, o tempo é dinheiro e quanto maior a demora em pagar, maior o valor a ser pago.

Portanto, pensando no curto prazo, quitar os débitos do cartão de crédito é mais interessante.

 

Cuidado com a aquisição de novas dívidas

De maneira histórica, os brasileiros gastam mais a partir de novembro, e o consumo permanece alto até fevereiro.

Por isso, é preciso ficar atento, pois significa que as pessoas endividadas possuem mais chances de aumentarem as dívidas na época de festas.

Isso não é nada interessante, visto que pode criar ainda mais dívidas que devem ser pagas no próximo ano.

Mas, a boa notícia é que, com disciplina, você conseguirá aproveitar o décimo terceiro para quitar as dívidas.

Vale lembrar que o planejamento é crucial para manter uma rotina financeira saudável e longe da inadimplência.

Além disso, com o dinheiro do 13° salário em mãos, você pode renegociar as dívidas e quitá-las com descontos de até 90%, e ainda pode escolher a forma que deseja pagar.

Viu como o 13° salário pode ser um aliado para iniciar o novo ano com o nome limpo na praça? Seguindo essas dicas, todo o processo fica muito mais fácil!

Quer usar o décimo terceiro para quitar as suas dívidas? Entre em contato e conheça as nossas soluções para renegociação de dívidas!

Você também pode gostar
valor salario minimo 2022_recovery
O valor do salário mínimo em 2022 mudou, assim ... Leia mais ➜
Cartão de crédito para negativado: saiba se é possível fazer
Conseguir um cartão de crédito para negativado é possível ... Leia mais ➜