Tudo sobre a Declaração de Imposto de Renda 2021

As regras para a declaração do Imposto de Renda de 2021 foram publicadas e alguns pontos merecem atenção. Se você vai declarar Imposto de Renda, ou está na dúvida se tem a obrigatoriedade de fazer a declaração confira todas as exigências da Receita Federal para a declaração deste ano.

Continue a leitura do Blog Recoverye saiba tudo sobre a declaração do Imposto de Renda 2021: como fazer, o que declarar, gastos dedutíveis e até quando você pode fazer o processo para não cair na malha fina e, se viável, receber a dedução.

 

Quem precisa fazer a declaração de Imposto de Renda 2021? 

Como nos anos anteriores, as pessoas que tiveram ganhos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano de 2020 devem fazer a declaração do Imposto de Renda. A novidade está para as pessoas que receberam o auxílio emergencial,benefício cedido no ano de 2020  pelo Governo Federal como forma de conter a crise causada pela pandemia.

Pessoas que receberam o auxílio emergencial e tiveram ganhos iguais ou superiores a R$ 28.559,70 também devem declarar o Imposto de Renda. Quem se enquadrar nesta situação pode ter que devolver o valor recebido através do auxílio emergencial. As pessoas que receberam o benefício mas não tiveram ganhos tributáveis superiores ao limite estabelecido não são obrigadas a declarar o Imposto de Renda. A não obrigação não significa que não pode ser feito, se você não se enquadrar nos requisitos de obrigatoriedade e ainda sim desejar fazer a declaração ela pode ser feita.

 

Quais os documentos necessários para fazer a declaração? 

A declaração do Imposto de Rendadeve ser feita o quanto antes para evitar qualquer tipo de imprevisto. Ela pode ser realizada através do siteou aplicativoda Receita Federal de uma maneira muito simples. São muitos os dados e documentos solicitados para realizar a declaração do Imposto de Renda, por isso a organização é uma aliada nesse momento. Reúna todos os documentos e comprovantes necessários antes de começar a declaração para ter tudo em mãos. Os documentos necessários são:

  • Documentos pessoais, como RG, CPF e plano de saúde, da pessoa que vai declarar o imposto dos dependentes;
  • Informe de rendimentos cedidos pelo empregador e pelo banco.
  • Recibos e comprovantes de pagamentos, aluguéis, doações e vendas.
  • Comprovantes de posse de imóveis e veículos.
  • Comprovante de gastos com educação e saúde;
  • Contratos de sociedade (caso se aplique);
  • Documentação de consórcio;

 

Como fazer a declaração de Imposto de Renda 2021? 

Com todos os documentos em mãos é possível começar a fazer a declaração do Imposto de Renda. O procedimento deve ser feito no Programa Gerador da Declaração (PGD IRPF 2021) disponível para download no site da Receita Federal.O procedimento também pode ser feito pelo celular através do aplicativo “Meu Imposto de Renda” disponível na sua loja de aplicativos.

Com o programa instalado, é possível escolher começar uma declaração do zero ou importar alguns dados cedidos na declaração do ano anterior.  Na segunda opção basta conferir os dados e preencher com as novas informações. No caso da primeira opção é preciso ceder algumas informações pessoais conforme o sistema solicitar. O programa da Receita Federal é intuitivo e ajuda o contribuinte a preencher os dados necessários seguindo os passos informados na tela. Com todas as informações organizadas fica ainda mais fácil registrar todos os gastos e ganhos no sistema.

Ao finalizar, confira todos os dados e escolha entre a declaração simples ou completa. Na declaração completa, serão deduzidos todos os gastos a que tem direito, segundo a lei. Já a declaração simples é destinada para aquelas pessoas que não realizaram muitos gastos, com ela as despesas que podem ser deduzidas não serão consideradas que vale é o desconto fixo de 20%, limitado a R$16.754,34. Se você está em dúvida sobre qual escolher, o próprio sistema da receita  indica no final a declaração mais vantajosa.

 

Imposto de Renda 2021 

A declaração do Imposto de Renda de 2021 começou no dia 1º de março e pode ser feita até o dia 30 de abril. Nesse momento é importante se organizar e não deixar para fazer a declaração na última hora. Tenha todos os documentos, comprovantes e recibos em mãos e não perca o prazo para realizar a declaração. Quem perder o prazo da declaração têm a penalidade de pagar a multa de 1% sobre o imposto devido ao mês, valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do imposto devido.

 

O que é imposto de renda? 

O Imposto de Renda é um imposto anual cobrado pela Receita Federal sobre ganhos e despesas para pessoas físicas e empresas. O imposto de renda é feito através de declaração, então cada pessoa e empresa deve declarar os gastos e ganhos que deve no ano anterior para estar em dia com a Receita.

Por funcionar como declaração, aqueles que ganham mais têm de pagar mais imposto, enquanto os que ganham menos pagam uma quantidade menor. Mas nem sempre é preciso pagar, gastos como saúde e educação são dedutíveis, então muitas vezes não é preciso pagar nada ou a Receita devolve uma parte do dinheiro gasto ao longo do ano.

 

Para que serve o imposto de renda? 

O Imposto de Renda serve para coletar o imposto da população de uma forma a quem ganhar mais pague mais e quem ganha menos pague menos. Dessa forma é possível manter um valor proporcional para cada realidade. O dinheiro arrecadado no Imposto de Renda, segundo a Receita Federal, é destinado para gastos com saúde, educação e programas de transferência de renda como o Bolsa Família.

Gostou das dicas sobre imposto renda? Compartilhe para que mais amigos também sabiam como declarar o imposto de renda. Se precisar de ajuda para renegociar a sua dívida com a Recovery, clique aquie acesse o nosso site. Oferecemos descontos e facilidades para você quitar suas dívidas.

Você também pode gostar
Como sair das dívidas: tire todas as suas dúvidas
Dívida prescreve? Estar inadimplente e ter restrição de crédito ... Leia mais ➜
cartão de crédito
Conseguir um cartão de crédito para negativado é possível ... Leia mais ➜