Como sair das dívidas: tire todas as suas dúvidas

Dívida prescreve? Estar inadimplente e ter restrição de crédito é a mesma coisa? Em quais situações ter dívidas não é um problema? Como sair das dívidas? Corro o risco de ficar superendividado? Tenho muitas dívidas – quais devem ser pagas primeiro? Quando falamos em endividamento, surgem muitas dúvidas! Por isso, respondemos, nesta matéria, às perguntas mais frequentes sobre o tema, para que você possa reconhecer o que é lenda e o que é verdade e se organizar para colocar as contas em dia. Confira! 

 

O que significa estar endividado?

Sempre que você usa uma linha de crédito ou compra algo para pagar depois, está assumindo uma dívida. Isso não significa, contudo, que você está endividado. Isso acontece, por exemplo, ao usar o limite de conta que será coberto em seguida ou parcelar um produto em três vezes sem juros no cartão de crédito. Afinal, assim como acontece em qualquer outro acordo, espera-se que você vá fazer o pagamento na data combinada, como no vencimento da fatura. O endividamentoocorre quando você deixa de pagar no vencimento.

 

Existe “dívida boa” e “dívida ruim”?

Sim! Dívida boa é aquela que você contrai de forma consciente para adquirir um bem mais caro, sabendo que as parcelas irão caber no seu orçamento. Ou, ainda, para construir um patrimônio ao longo da vida. Os financiamentos da casa própria, de um curso importante para a carreira ou do carro que você precisa para trabalhar podem ser considerados dívidas boas, desde que feitos com planejamento. 

Já as chamadas dívidas ruins são aquelas que você acumula sem perceber, por falta de controle ou organização financeira, ou que podem ser adiadas. Enquadram-se, aqui, o parcelamento regular da fatura do cartão ou as prestações que você assume para depois ver como irá pagar. Esse tipo de dívida, em geral, está relacionado a itens que fogem do seu padrão de vida ou não são essenciais. 

 

Quando as dívidas começam a ser um problema?

As dívidas se tornam um problema quando não cabem no orçamento, fazendo com que você atrase as parcelas de um financiamento ou deixe de pagar contas importantes. Por isso, a dica é consumir produtos financeiros com consciência:sempre que for financiar um produto ou serviço, some as parcelas e veja se você terá renda suficiente para quitá-las no vencimento! Assim, você evita se enrolar lá na frente e consegue ter uma vida financeira mais equilibrada. 

 

O que é o superendividamento?

O superendividamento ocorre quando você contrai dívidas que comprometem uma parte muito significativa da sua renda. Em geral, entende-se que pessoas superendividadas perdem a capacidade de quitar o que devem e, ao mesmo tempo, manter o básico para a subsistência, como alimentação, moradia, medicamentos e locomoção.  

Muitas vezes, pessoas superendividadas têm o nome limpo,porque fazem um malabarismo danado, sorteando as contas a serem pagas no mês ou recorrendo a empréstimos para quitar dívidas. Essa situação perpetua um ciclo vicioso e pouco saudável financeiramente. 

 

Dívida caduca ou prescreve? Ela deixa de existir?

Não, a dívida não desaparece. O que acontece é que depois de cinco anos o nome do devedor não pode mais constar das listas de restrição de crédito, como Serasa, Boa Vista e SPC. Isso é o chamado “caducar”. A prescrição, por sua vez, está relacionada a um prazo a partir do qual a dívida não pode mais ser alvo de cobrança judicial, ou seja, o credor não pode mais recorrer à Justiça para receber. Em ambos os casos, a dívida continua existindo e pode ser cobrada extrajudicialmente, como por exemplo, por telefone, mensagem de texto, e-mail, plataformas de renegociação de dívidas ou outra maneira de comunicação. 

 

O que significa estar inadimplente?

A inadimplência ocorre quando uma pessoa não honra um compromisso financeiro, como pagar uma conta da casa ou uma parcela do cartão de crédito. Assim, a dívida fica em aberto e o CPF do responsável entra para as listas de restrição de crédito, como Serasa e SPC. Além disso, dependendo da dívida que está em aberto, o bem pode ir a leilão para quitar o valor atrasado, como no caso de automóveis, veículos e outros. 

 

O que significa ter restrição de crédito?

Ter o CPF negativado por inadimplência (de dívida não prescrita) impacta o score de crédito.Assim, fica mais difícil adquirir produtos e contratar serviços como um cartão de crédito ou um financiamento. Isso acontece porque os bancos e outras instituições que concedem crédito têm acesso às informações sobre o seu histórico de pagamento e, se você tem dívidas em aberto, entende-se que a chance de você não pagar as novas contratações é maior. 

 

Por que meu CPF está na lista de inadimplentes?

Possivelmente porque você deixou de pagar uma dívida ou conta por descuido, mudança de endereço ou outra razão qualquer. Por isso é importante consultar regularmente seu CPF.Aqui na Recovery, esse serviço é gratuito. Outra causa comum de negativação de CPF é emprestar o seu nomepara alguém e aquela pessoa não pagar o combinado! 

 

Não consigo descobrir para quem devo. O que faço?

Como vimos, CPF negativado é sinal de que alguma conta pode ter escapado ao controle, alguém para quem você emprestou o seu nome deixou de pagar o combinado ou, ainda, algum processo ou ação decorrente de pendências de empresas da quais você tenha sido dono ou sócio. Para ter mais detalhes sobre a origem da dívida, consulte o seu CPF gratuitamente.Se a pendência em seu nome estiver sob nossa gestão, você consegue visualizar na hora e já ter acesso às melhores condições de renegociação. 

 

Quanto demora para o meu nome sair das listas de restrições de crédito?

Se você tiver apenas uma dívida em seu nome e quitá-la ou renegociá-la com parcelamento, o seu CPF é retirado das listas de restrições de crédito após a quitação ou comprovação de pagamento da primeira parcela em até cinco dias úteis. Mas, atenção: se este não for o seu único débito em aberto, o seu CPF continuará negativado! Por isso, além de consultar o seu CPF gratuitamente aqui na Recovery,você também pode fazer consultas aos bureaus de crédito para checar se não tem outras pendências que você desconhece. Eventuais dívidas e pendências com a Receita Federal podem ser consultadas por meio de sua conta Gov.br. 

 

O que é um bureau de crédito e o que ele faz?

Um bureau de crédito é uma empresa que aglutina informações sobre o histórico de pagamentos de pessoas físicas e jurídicas. Alguns dos principais bureaus a realizar este tipo de serviço no Brasil são: Boa Vista, SPC e Serasa. O bureau de crédito atende o mercado, permitindo que as empresas que contratam seus serviços consultem os dados armazenados em suas bases na hora de conceder crédito. 

 

O que é uma Agente de Cobrança e o que ela faz?

Uma Agente de Cobrança, como é o caso da Recovery, atua com o foco na recuperação de crédito, assumindo a gestão das carteiras inadimplentes de terceiros, como outras empresas e veículos de investimento, com o compromisso de recuperar parte do valor devido a esses credores e reinserir clientes no mercado de crédito. Ao fazer isso, ela passa a gerir dívidas em aberto e realiza serviços de cobrança, oferecendo boas condições de renegociação. Para saber mais, consulte o artigo em que explicamos como a Recovery funciona e as vantagens de renegociar as suas dívidas! 

 

A Recovery é uma empresa parceira do Itaú. Isso significa que ela só negocia dívidas do Itaú?

Não. Temos dívidas de diversas instituições e veículos de investimentos sob nossa gestão, principalmente originadas pelos setores financeiro e varejista, e buscamos sempre garantir as melhores condições de renegociação para você. Para saber se a sua dívida está conosco, consulte o seu CPF gratuitamente em nosso site! Nosso maior objetivo é revolucionar a saúde financeira de nossos clientes, transformando dívidas em recomeços. 

 

Que tipo de dívida é negociada pela Recovery?

Se você deixou de pagar uma compra ou parcelamento, esta dívida pode estar sob nossa gestão. Temos parcerias com diversas empresas de diferentes ramos! Quer saber se a sua dívida está conosco? Consulte o seu CPF gratuitamente em nosso site. 

 

Tenho uma dívida antiga e nunca paguei. O que pode acontecer?

É importante honrar os seus compromissos financeiros! Com dívidas antigas ainda em aberto, você pode acabar se enrolando – afinal, mesmo que a dívida tenha “caducado”, como explicamos acima, ela ainda pode ser cobrada extrajudicialmente e com juros! Por isso, mantenha as suas contas sempre no azul, sem pendências antigas. E conte conosco caso precise renegociar! 

 

Por que é importante ter o nome limpo?

O nome limpo”ou um CPF sem pendências, garante a você mais autonomia financeira! Ele permite que você se planeje, sem o risco de grandes sobressaltos, para realizar seus projetos de vida. Possibilitando, por exemplo, que você contrate produtos e serviços em seu próprio CPF e tenha acesso às melhores condições de crédito no momento em que precisar. 

 

Qual é o primeiro passo para sair das dívidas?

Antes de mais nada, converse com as pessoas que moram com você! Juntos, vocês podem analisar quais são as possibilidades financeiras da família e planejar o que fazer para sair das dívidas. Além disso, veja se é possível renegociar os seus débitos antigos! Em nosso site, você pode consultar seu CPF gratuitamentee, se a sua dívida estiver sob nossa gestão, você te acesso às melhores condições de negociação. 

 

Vale mais a pena pagar à vista ou parcelar as dívidas?

Depende! É verdade que você pode conseguir descontos melhores pagando à vista. Porém, não adianta pagar tudo de uma vez se não vai sobrar dinheiro para outras contas importantes, como aluguel e supermercado, né? Por isso, antes de decidir se vai pagar parcelado ou à vista, estude a sua realidade financeira e analise o que é vantajoso para você neste momento. 

 

Como garantir que vou ter dinheiro para negociar?

Na Recovery nós podemos oferecer parcelas que caibam no seu bolso. Portanto, antes de fechar qualquer contrato, faça os cálculos de quanto dinheiro entra e sai por mês e simule diferentes valores de parcelas que você poderia assumir sem deixar de pagar as outras contas que você já tem normalmente. Com organização e planejamento, dá para quitar seus débitos antigos sem se enrolar com as obrigações do dia a dia! Outra boa medida é buscar uma fonte extra de rendapara quitar dívidas.  

 

E se renegociar e não conseguir pagar, o que acontece?

Se você não conseguir pagar, o seu contrato será  cancelado, os juros são retomados, sua pontuação de crédito poderá ser afetada e você precisa negociar tudo de novo. Assim, uma vez que você decidir fechar um acordo de renegociação das suas dívidas, pague todos os boletos em dia – seja à vista ou parcelado. Isso evita que você tenha mais preocupações no futuro e te deixa livre das dívidas mais rápido! 

Quer sair das dívidase voltar a ter o controle da sua vida financeira? Conte conosco! Consulte o seu CPFgratuitamente em nosso site e confira se as suas pendências estão sob nossa gestão. Renegociamos dívidas originadas  com empresas dos ramos financeiro e varejista e podemos oferecer a você excelentes condições! 

Você também pode gostar